25 de fevereiro de 2013

BAGAGEM PARA O CHILE: O QUE PODE, O QUE NÃO PODE


Já vi muita gente reclamando da inspeção de bagagem chilena e com razão!

As autoridades chilenas costumam ser bem rígidas e, na maioria das vezes, rudes. Já tive algumas experiências bem ruins...

Mas, no caso de viagens, para evitar aborrecimentos, é bom ter algumas informações básicas antes.
Muitas vezes, incorremos em erros por pura ignorância e eles podem achar que queremos dar uma de “espertinhos”.
 
 Algumas dicas:

1.       LIMITE DE BAGAGEM

Com o perdão do trocadilho infame, é um “limite bem limitado”!!!  Isto para os mortais da classe econômica, claro!
Bagagem da Sofia com a inseparável Nega Maluca:
da Bahia para o Chile, sem problemas burocráticos!
 
Podem ser despachados apenas 23 kg por pessoa, normalmente em apenas 1 volume, ou seja, não valem duas malas de 11,5kg cada (o mesmo limite para voos nacionais!) – crianças que pagam passagem (a partir de 2 anos) também têm direito.

Importante deixar claro que cada companhia aérea tem suas regras
Uma rápida pesquisa entre as que voam para o Chile, considerando CLASSE ECONÔMICA:
 
 
Bagagem despachada
Bagagem de mão
Bebês até 2 anos
 
 
 
23 kg por pessoa, que podem ser divididos em 2 volumes
 
8 kg até 55 cm altura por pessoa
Carrinho ou bebê conforto ou cadeirinha levados na cabine
+
1 volume de 23kg despachado
 
 
 
 
 
 
23 kg por pessoa
 
 
5 kg por pessoa (inclusive bebês)
Carrinho ou bebê conforto ou cadeirinha despachados ou levados na cabine gratuitamente + 1 volume de 10 kg despachado
 
 
 
23 kg por pessoa
 
5 kg até 115 cm altura por pessoa
Carrinho ou bebê conforto despachados gratuitamente
 

   Clique nas companhias aéreas acima para acessar suas respectivas páginas com maiores detalhes.


Muito cuidado para não exagerar na ida: lembre-se das comprinhas extras para a volta!

O excesso de bagagem é caríssimo!
E falo por experiência própria: quando fui de mudança achei que estava indo para o fim do mundo, sei lá... Talvez as mães me entendam: foram 5 malas e mais de 100kg para mim e  Sofia! A atendente disse que nunca tinha visto algo igual...

E, quando você chega, na aduana chilena, todas as malas passam por raio X e VOCÊ tem que colocar na esteira. 
 Pensa que eles ajudam uma mãe sozinha e cheia de malas? Que nada!!! Ainda olham feio porque você está atrasando a fila...

 
Como aumentar seu limite: alguns cartões de crédito, cartões fidelidade das companhias aéreas ou as próprias tarifas das passagens dão limites adicionais gratuitos.
Cheque antes!

 

2.       ALIMENTOS

É um capítulo bem complicado, em especial para mães - todas me entendem de novo ;)
Frutas, sanduíches, itens de origem vegetal ou animal crus não entram!
 
Mas alimentos industrializados, tipo leite, chocolate, biscoitos, não têm problema, só conserve-os na embalagem original e declare!

Mães,  fiquem tranquilas, pois tem leite Ninho (Nido, por lá), papinhas Nestlé, Ades e todas as marcas conhecidas nos supermercados para comprar depois.  Salve a globalização!

Na dúvida, sobre o que pode ou não, DECLARE TUDO de origem vegetal ou animal para a inspeção sanitária. 
Assim, caso haja inspeção, você não será penalizado, só terá que jogar fora o alimento.
 Já se não declarar, a coisa pode ficar feia: sermão e multa! Li um caso em algum blog, onde houve a maior confusão por causa de um sanduíche!

O rigor é justificado para evitar a entrada de pragas e doenças no país.

 

3.       MEDICAMENTOS

No geral, não tem problema, desde que em uma quantidade razoável para uso pessoal.

Em quantidade maior, deve ser acompanhado de receita médica para provar que não será comercializado.
Por via das dúvidas, sempre levei antibiótico (dentro da mala despachada) com receita, nunca olharam nada.

Só cuidado, se o remédio for líquido, não pode ir na bagagem de mão (restrição do avião).

 Para quem precisar de mais detalhes, clique aqui para o link do órgão sanitário chileno (em espanhol). 

 

4.       ELETRÔNICOS

Entram no Chile por pessoa: 1 filmadora, 1 câmera fotográfica, 1 celular, 1 MP3 ou simliar, 1 CD ou DVD player, 1 notebook.
       Também podem ingressar artigos adquiridos no duty free chileno até US$ 500.
Todos os detalhes estão aqui, neste link para a aduana chilena.

 Para voltar para casa, devem ser observadas as regras brasileiras!
      Consulte aqui o link para nossa Receita Federal.

 

IMPORTANTÍSSIMO: quando você entra no Chile, recebe um papel da Polícia Federal, a  PDI (Policia de Investigaciones de Chile), que deve ser entregue na saída.
Esta é a cara do "bendito" para você já se familiarizar e não esquecer dele!!!
 
Guarde junto com o passaporte e não perca por nada!!!
Minha sogra perdeu, levou um sermão e muito “terrorismo” do tipo "não vai embarcar" até conseguir uma segunda via para entrar no avião de volta. Quando chegou em casa, no Brasil, ela encontrou em um bolsinho da mala :(

Aqui no site da PDI, você consegue até baixar o arquivo.
É isto!
Caso alguém se lembre de algo mais, por favor, deixe nos comentários.

110 comentários:

  1. Cinthia, reforço tudo o que você escreveu aqui. Com os chilenos não tem jeitinho brasileiro não. Em uma das vezes que fui para Punta Arenas, estava com mais algumas mulheres, e uma delas com a filhinha de 2 anos. Preocupada com o horário da chegada em Santiago e o comércio possivelmente fechado, ela levou um sanduíche do avião para a filha comer mais tarde, além de bananas que ela havia levado do Brasil. Só que ela não declarou, na verdade achamos que não era necessário, justamente por se tratar da comida da criança. Meu Deus, não gosto nem de lembrar. Eles nos levaram para uma sala (eu fui acompanhando porque falava espanhol), falaram, falaram, queriam multar, disseram que se ela fizesse isso novamente não poderia voltar ao Chile... enfim, terrorismo mesmo. No final eles acabaram liberando, e acho até que ela não chegou a pagar a multa não, mas foi muito estressante para todos.
    É bom ficar atento e na dúvida, declarar tudo!
    Bjs,
    Karla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que horror, Karla!
      Mas é assim mesmo...
      Ok ter rigidez, afinal, lei é lei e tem que ser cumprida. O problema é a grosseria e esse "terrorismo" que eles fazem, cheios de prepotência. São policiais, o que já intimida de cara.
      Um turista não está habituado às leis de outro país, eles podiam pegar mais leve.

      Bjs e obrigada pela visita!
      Cinthia

      Excluir
    2. Boa Tarde! Como funciona esse processo de declaração? É no próprio avião que se deve declarar? Pretendo listar todos os potes de papinha, sachês de leite em pó, Nescau e remédios com receita que levarei.

      Excluir
    3. Sim, Leonardo!
      Vc receberá um formulário do equivalente ao nosso ministério da agricultura no avião.

      Excluir
  2. E a vacina para febre amarela, eles exigem mesmo o comprovante na entrada? Isso aparece em várias listas oficiais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é exigida nenhuma vacina para entrar no Chile.
      Aqui o link do ministério de Relaçöes Exteriores chileno que deixa isto bem claro:
      http://www.minrel.gob.cl/prontus_minrel/site/artic/20080619/pags/20080619154047.php#T5

      Excluir
  3. Oi Cinthia!! to "redevorando" (rsrs) teu blog todo,é que enfim vamos voltar ao Chile!!êêê!!rsrs.. em Abril estaremos todos ai novamente e estou amando relembrar tanta coisa gostosa que vivemos e descobrir outras dicas maravilhosas que vc posta..entrei em contanto com a vinicola(Casa do Bosque) que vc sugeriu aqui no blog e se td der certo vamos visita-la!! :) uma pequena duvida: eles oferecem algum traslado até lá? caso não ofereça,o que vc sugere como a melhor forma de chegar até lá? ( não iremos alugar carro não..rs)bjsss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana!
      Que boa notícia!
      Sugiro que vc pergunte à vinícola. Eles devem ter indicação de alguma agência.
      A Alexandra, do Destemperadinhos, já usou a Exploring Chile e gostou muito.
      Sem carro, não tem outro jeito se não agência, pois fica no meio da estrada.

      Bjs e obrigada pela visita!
      Cinthia

      Excluir
  4. Respostas
    1. Desculpe a demora!

      Pode entrar sim, mas há várias exigências e pedido de autorização.
      Veja este link do Ministério de Agricultura chileno com as especificações:

      http://historico.sag.gob.cl/OpenDocs/asp/pagDefault.asp?boton=Doc53&argInstanciaId=53&argCarpetaId=14&argTreeNodosAbiertos=(0)&argTreeNodoSel=14&argTreeNodoActual=14

      Excluir
  5. quero levar um quadro no tamanho de 1.00 cm por 0.90 será que vou ter problemas?

    ResponderExcluir
  6. sabe me dizer se uma pessoa com mais de 70 anos tem direito a um desconto no valor da passagem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tem que ver com a companhia aérea. Acredito que não...

      Excluir
  7. Oi, vou para o Chile no meio do ano e gostaria de saber se exceder os 500 dólares em compras, o que eu faço?

    Obrigada, amei o blog!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jennifer!
      Aí vc tem que obedecer as leis da receita federal brasileira. O link está aí em cima. Tem que declarar e pagar os devidos impostos.

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  8. Oi, não sou mãe (ainda) mas amei todas as suas dicas sobre o Chile, pretendo aproveitar muitos passeios mesmo não tendo crianças, rs! Estou com dúvida em relação ao formulário de entrada, não se você poderia me ajudar! Mas queria saber se preciso declarar nele o celular, a câmera fotografia e o kindle que levarei comigo? E na volta, posso trazer alimentos industrializados do Chile? Por exemplo produtos gourmet que eu compraria na Coquinaria?

    Grata por compartilhar tantas informações conosco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renata!

      Obrigada, fico feliz em ajudar!

      Não precisa declarar seus itens pessoais para entrar no Chile. Os alimentos saem de lá e entram aqui sem problemas também.

      Boa viagem!

      Excluir
  9. Muito obrigada pelas informações!

    ResponderExcluir
  10. Olá, eu, meu esposo e minha filha estamos "querendo" ir ao Chile no fim do ano, tipo janeiro/15, por aí... Minha pergunta: dizem que as coisas por lá são 3x mais caras que aqui. Meeeeedo.... Tenho que guardar muuuuuito dinheiro pra poder ir prá lá? Bj e parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada disso!!! Aliás, muito difícil achar lugar mais caro do que aqui...

      Além do mais, você encontra restaurantes com todo tipo de preço. Em termos de hospedagem também e há inclusive a possibilidade de baratear mais alugando apartamento através do site AirBnB - já usei na Argentina e gostei muito.
      Vá pesquisando com antecedência e vc encontrará ótima alternativas!
      Fique atenta também às promoções das companhias aéreas - a GOL também vai começar a operar voo para Santiago.

      Pode ir sem medo!

      Excluir
  11. Ola, o limite de 23kg é para a ida ao Chile ou tambem vale para a volta ao Brasil?
    Porque estou indo agora em julho e vou pesar a bagagem antes de despachar, mas e as compras que faremos por lá?
    Olhei no site da receita e não achei essa informação.
    Obrigado.
    Felipe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Felipe!
      Vale para a volta também... Mas esta restrição é da companhia aérea, não da receita.

      Consulte a sua - às vezes, sendo um cliente especial ou determinados cartões de crédito dão limites adicionais.

      Boa viagem!

      Excluir
  12. Oi! Sobre comidas... Já li mtas vezes que mães levamAan papinhas congeladas em viagens e guardam nos freezers do Hotel, garantindo ao filho um jantar familiar. Coloca naquela malinha termica e embarca na mala que será despachada. Vc sabe algo a respeito?
    Obrigada
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Rita,
      Não entra no Chile!

      Mesmo a bagagem despachada passa por raio X junto com você, após tirar da esteira. Minha sugestão é não subestimá-los, pois as consequências podem ser muito chatas, como expliquei acima.

      Excluir
  13. Oii, tem alguma possibilidade de eu levar polpa industrializada de açai congelado ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho certeza, mas vc pode arriscar e declarar na chegada. Eles avaliam e, se não puder, irão recolher, mas pelo menos vc terá sido honesto por não ter tentado esconder.

      Excluir
  14. Gente fiquei até preocupada agora. Meu bebê vai estar com 10 meses. Posso levar mamadeira para o bebe? No avião eles dão água, mas preciso levar a fórmula do leite para misturar. Ele toma Nestogeno. A lata pode estar aberta ou tem que estar lacrada? E suco natural na mamadeira? Quanto aos remédios e se ele tiver dor no ouvidinho, geralmente dou alivio e é liquido, como faço se não pode levar na bagagem de mão? E as papinhas da nestlé posso levar na bagagem de mão? Por favor me ajude.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O avião não tem problema (a não ser a proibição normal de líquido acima de 100ml).

      Aconselho levar Nestogeno em quantidade para ser consumida no voo e latas fechadas na bagagem despachada para uso lá. Papinha Nestlé, vc também pode levar (tudo que é industrializado não tem problema, só não passa aberto pelo controle sanitário chileno), mas, como falei, vc encontra todas estas marcas nos supermercados de lá também; não precisa carregar peso.
      Suco de laranja entra no avião (até 100ml!), mas não no Chile. Tem que descartar.

      Para o remédio, vale a norma do avião de até 100ml de líquido. Se a criança tiver que tomar durante o voo e a embalagem for maior que 100ml é só levar receita médica.

      Excluir
  15. Ola ... adorei seu blog.... vc saberia me dizer se preciso de receita para entrar com anticoncepcional no Chile?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI!
      não e preciso. a não ser que seja uma quantidade muito grande que aparente ser comercialização.

      Excluir
  16. Olá, gostaria de saber se posso entrar no Chile com uma necesser com pasta desodorante perfume e remedios?! Precisa declarar? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode sim, Alan! Neste caso, é só ter cuidado com o tamanho dos coisas, pois na cabine do avião não entram itens acima de 100ml, teriam que ser despachados. Mas isto é regra aeroviária mesmo.

      Excluir
  17. Olá!! Muito legal seu blog!! Eu li que para entrar no Chile posso apenas apresentar apenas o documento de identidade. É verdade?!?! Meu passaporte não ficará pronto até a data da viagem... Obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, só identidade é suficiente, mas ela precisa estar em bom estado, tudo legível, assim como a foto, se não, nossa própria polícia rejeita.

      Excluir
  18. Você disse que produto industrializado pode, doce de leite em barra, chocolate barra, chocolate em pó, nescafé, isto pode levar?

    ResponderExcluir
  19. Ola, tenho duvidas em relacao a entrada..
    se o chille pra entrar e a mesma coisa como na franca ou estados unidos, onde voce tem uma quantia certa por pessoa para entrar Ex: franca 65 € por pessoa ..

    No caso estou indo para San alfonso del mar com a minha esposa.

    Estou na duvida de quanto levar
    Real peso chilleno e dolar, pretendo levar os 3 mas nao sei a quantia certa pra passar 7 dias.

    Ex:

    400 Dolares
    1.000 reais
    E 1.000 pesos chilenos..

    Gostaria de saber se e pouco ou muito..

    Acho que o dolar e mas para apuros..
    O.peso para pagar taxi lanches estas coisas mais basicas..

    O real ,tbm.. sentir mais deguro pois o real vale.mais que o peso..

    O dalar ,nao sei muito bem,pois na argentina muitas lojas pega real peso e dolar,mas querem mais dolar..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Dá uma olhada neste post supercompleto sobre dinheiro:
      http://www.viajenaviagem.com/2011/12/que-moeda-eu-levo-para-o-chile/

      Só adianto que não é comum aceitar moeda estrangeira por lá. A não ser dólares para pagar hospedagem, que até resultam em uma boa economia de 19% do imposto IVA.


      Excluir
  20. Ola, tenho duvidas em relacao a entrada..
    se o chille pra entrar e a mesma coisa como na franca ou estados unidos, onde voce tem uma quantia certa por pessoa para entrar Ex: franca 65 € por pessoa ..

    No caso estou indo para San alfonso del mar com a minha esposa.

    Estou na duvida de quanto levar
    Real peso chilleno e dolar, pretendo levar os 3 mas nao sei a quantia certa pra passar 7 dias.

    Ex:

    400 Dolares
    1.000 reais
    E 1.000 pesos chilenos..

    Gostaria de saber se e pouco ou muito..

    Acho que o dolar e mas para apuros..
    O.peso para pagar taxi lanches estas coisas mais basicas..

    O real ,tbm.. sentir mais deguro pois o real vale.mais que o peso..

    O dalar ,nao sei muito bem,pois na argentina muitas lojas pega real peso e dolar,mas querem mais dolar..

    ResponderExcluir
  21. Olá, boa noite. Eu e meu marido estamos de passagens compradas para irmos a Buenos Aires e de lá iremos para Santiago. Alfajor e vinhos argentinos. entram no Chile? Se sim (espero q sim rs) qual a qtde limites de vinhos e de alfajor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Produtos industrializados entram sem problemas. Só não te dizer as quantidades destes itens. Dá uma olhada no site da aduana chilena, cujo link está no post acima.

      Excluir
    2. Que loucura! Vai levar vinho a alfajor argentino pro Chile? Seria como levar tango e carne chilena pra Argentina...

      Excluir
  22. olá ,meu filho tem alergia alimentar ,tava querendo levar daqui os biscoitos (caseiro eu que faço ),será que tem problemas???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem! Como dalei no post, tudo que não é industrializado corre risco de ser barrado.

      Excluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. Olá,
    Inicialmente queria parabeniza-la pelo excelentíssimo blog, cheio de dicas muito boas para quem pretende viajar para o Chile. A minha dúvida é se terei algum impedimento para levar uns bombons de chocolate recheados é umas peças de cerâmica típicos da minha região (sou de Belém-PA) e se terei que declara-lós na alfandega na chegada ao Chile.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Breno!
      Se forem artesanais/caseiros, vc terá problemas. Industrializados, ok, mas sempre é válido declarar.

      Excluir
  25. Olá
    Estou indo ao chile em 08/06 /15 , e tenho duvidas se poderei entrar com meus cosmético, hidrante , shampoo,condicionador ..perfume , maquiagens etc.. ,e também estou levando para meus amigos algumas caixas de Bombos ( 16 ) e 01 Kl de pó de café,

    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem problemas com cosméticos.
      Bombons e pó de café, se forem industrializados em sua embalagem original fechada, ok.

      Excluir
  26. Parabéns pelo blog!
    Gostaria da tua ajuda! Vou em setembro com meu marido e meu bebê de apenas 8 meses. Iremos ficar 7 dias. Queremos conhecer não só Santiago mas também as vinícolas e alguma estação de esqui. Vale a pena ficar em algum destes locais ou melhor visitar e voltar pra Santiago?
    Grata
    Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciana!
      Neve, se for só para conhecer, aconselho um "bate e volta". Farellones é a estação mais próxima e algumas agências oferecem tours passando por várias delas. Já Vina/Valparaiso merecem pelo menos uns dois dias.
      Cuidado com setembro, pois na semana do dia 18 tudo para por conta do feriado das Fiestas patrias ;)

      Excluir
  27. Bom dia, estarei indo nesse mês e minha bebe é alérgica só toma um leite especial chamado Neocate, gostaria de saber como faço para entrar com duas latas as levarei lacrada, tenho que preencher algum formulário, tenho medo deles barrarem é o único alimento dela como ela só tem 4 meses ainda...Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Produto industrializado fechado não tem problema.

      Excluir
    2. Ok muito obrigada....Adorei seu blog...

      Excluir
  28. Bom dia,
    Estarei viajando com minha família (minha esposa e meus filhos de 1 e 9 anos) agora em Setembro... utilizamos o AirBnb para reservar um apartamento pertinho do metrô Universidad de Chile (com cozinha, o q é muito bom!) e gostaria de saber quanto (em pesos chilenos) é necessário para 12 dias de férias? Sem precisar contar com a despesa de hospedagem, que já esta paga.. Não precisa ser um valor exato... mas somente uma média aproximada para ter uma base... estou pensando em levar cerca de 700.000 pesos chilenos, mas não sei se é suficiente...

    Muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente não sei dizer, pois é muito pessoal: tipo de restaurantes, passeios, transporte... Sugiro que faça uma estimativa a partir do seu roteiro. Os sites das atrações costumam ter preços.

      Excluir
  29. Parabéns pelo blog, tirou muita dúvida e também foi bastante informativo.

    ResponderExcluir
  30. Parabéns pelo blog e muito obrigada pelos esclarecimentos...Me ajudou bastante!

    ResponderExcluir
  31. Gostari de saber se pode entrar no Chile com antirretrovirais para dez dias

    ResponderExcluir
  32. Olá, Cinthia!
    Estou indo pró Chile agora em janeiro com minha filha de 1 ano e 4 meses. Você sabe me dizer sobre algum lugar para alugar carrinho de bebê? Desses estilo guarda chuva?
    Outra coisa, o clima em janeiro, verão, costuma ser muito quente?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  33. Olá, Cinthia!
    Estou indo pró Chile agora em janeiro com minha filha de 1 ano e 4 meses. Você sabe me dizer sobre algum lugar para alugar carrinho de bebê? Desses estilo guarda chuva?
    Outra coisa, o clima em janeiro, verão, costuma ser muito quente?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pricila!
      É muito muito quente em janeiro (e seco, como sempre!). Prepare-se com protetor solar, boné e muuuuita água e evite programas ao ar livre nos horários de pico de sol. À noite, a temperatura cai bastante e costuma ficar bem agradável.
      Quanto ao carrinho, não sei onde aluga, mas vc consegue comprar baratinho nas lojas de departamentos e grandes supermercados.
      Boa viagem!

      Excluir
  34. Oiii. Muito obrigada pelas informações. Tenho dúvida sobre os cosméticos na mala despachada, tem restrição do tamanho do pote tbm? Ou é só para a bagagem de mão?
    Outra dúvida, é as opções de preço de transporte para ir para vina del mar e San Pedro de Atacama, não consigo achar valores. Principalmente do ônibus para San Pedro de Atacama. Se puder me ajudar agradeço muito, pois vou agora em janeiro para o Chile e gostaria de me planejar. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daiane!
      Tamanho de cosmético só é restrito para bagagem de mão.
      Acho que não deve ter ônibus de Viña para Atacama, é muito longe!
      Nós fomos de avião a partir de Santiago.

      Excluir
    2. O avião vai até a cidade de Calama e de lá segue-se em van por mais uns 40minutos até San Pedro. Neste post conto sobre nossa viagem:

      http://chileparacriancas.blogspot.com.br/2011/09/san-pedro-de-atacama-um-espetacular.html?m=1


      Excluir
  35. Olá, muito obrigada pelas dicas.
    Minha Tia e eu iremos dia 5 de janeiro ver pinguins em Punta Arenas.
    É muito frio nesta época do ano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! É sempre frio por lá, mas neste período de verão é um pouco mais ameno. Aproveitem!

      Excluir
  36. Boa tarde!!! Eu encontro suco de uva integral por aí? Meu filho de 1 ano e meio adora e queria ter essa opção.

    ResponderExcluir
  37. Oi, Cinthia. Meu nome é Débora. Seu blog é realmente muito útil! Parabéns! Iremos a Santiago eu, meu marido e dois filhos de 2 e 5 anos entre 25/06 e 01/07/16. Li todo esse post, inclusive os comentários e suas respostas. Então, deixa ver se entendi direitinho:
    1) se eu quiser levar algum alimento na mala despachada, ele precisa ser industrializado, estar na embalagem original e lacrado. Mas, nesse caso, devo necessariamente declarar. Mesmo assim (ou seja, levando o alimento nas condições que eles permitem e declarando), ainda corro o risco de não ter permitida a entrada do alimento? Essa declaração é feita no momento do embarque no Brasil? Ou preenchendo algum formulário dentro do avião?
    2) caso eu queira fazer o leite do meu filho mais novo no voo de ida, posso levar na mala de mão a quantidade suficiente para misturar na água e o ideal é que ele consuma ainda dentro do avião, antes de desembarcar no Chile?
    3) no voo de volta, posso colocar na mala despachada alimentos ainda que a embalagem não esteja mais lacrada?
    4) você falou sobre a facilidade de encontrar nos supermercados de lá o leite Ninho, por exemplo. Também é fácil encontrar algo equivalente a Neston, Farinha Láctea, Mucilon?
    Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  38. Oi Débora!
    Vamos por partes:
    1) declaração de alimentos é feita na entrada no Chile. Não sei te dizer se há risco de barrarem mesmo assim. Acredito que não.
    2) Leite para o percurso: talvez seja melhor descartar a sobra antes de passar pela inspeção.
    3) sim a restrição de entrada de alimentos é no Chile. Brasil sem problemas.
    4) sim, tem tudo lá

    ResponderExcluir
  39. Adorei suas dicas amiga, me ajudando muito..
    Mas eu sou cabeleireira aqui no Brasil, e meu marido vai trabalhar no Chile com obra civil, e eu quero levar meus instrumentos de trabalho né, e levar Cosméticos, tesoura, secador prancha, todo material de trabalho, e estou perdida de qual passo tomar, sei que preciso declarar, mas onde faco isso, vc sabe onde posso me informar? Tenho medo de levar e perder meus produtos..

    ResponderExcluir
  40. Ola Boa Noite, eu vou sair de Buenos Aires pra Argentina e quero levar umas duas caixinhas de Alfajor, vou declarar, acha que terei algum problema?

    ResponderExcluir
  41. Fechados na embalagem original industrializada, sem problemas.
    Aproveite!

    ResponderExcluir
  42. Olá!...
    Estarei viajando para o Chile com uma criança e um bebê, e tenho duas dúvidas sobre a entrada de alimentos no avião:
    1. A inspeção das malas e bagagens de mão ocorre antes de entrar no avião para o Chile ou apenas depois do desembarque? (meu vôo faz uma escala em Guarulhos).
    2. Preciso declarar alimentos industrializados que estejam na bagagem de mão, como uma papinha da nestlé, por exemplo? Se sim, é utilizado o mesmo formulário para itens que estejam na bagagem despachada e itens que estejam na bagagem de mão?
    Obrigada, e parabéns pelo blog!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bia!
      Antes, é importante esclarecer que há duas situações diferentes:

      1) Normas da Aviação civil brasileira , que restringe líquidos maiores que 200 ml no avião, por exemplo, dentre outras normas. Verifique com a companhia aérea. Estes itens são inspecionados ao entrar no avião.

      2) O que relato aqui são as restrições chilenas, cuja inspeção é feita ao desembarcar lá. Sugiro declarar alimentos sempre no formulário que vc receberá no avião, assim, caso eles cismem com algo pelo menos vc escapa da "bronca", sempre severa. Frutas e alimentos não processados não entram de jeito algum! Tem que jogar fora antes da inspeção (há avisos ao longo do caminho no aeroporto.

      obrigada pela visita!

      Excluir
    2. Obrigada!!! Ansiosa pela chagada no domingo! abraços!

      Excluir
  43. Olá , Boa tarde.
    Então : Biscoitos posso levar certo? E miojo seria de ordem vegetal, não podendo levar para o chile é isso, ou não. Posso levar miojo sem problema?
    Uma Outra dúvida se eu levar essas coisas teria que despachar? Mesmo tendo uma única bagagem de mão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prdoutos infustrializados sem problemas, tanto na bagagem de mão como na despachada. Só sugiro declarar para evitar as "broncas", que são recorrentes... Assim mostra que vc não está escondendo nada.
      Boa viagem!

      Excluir
  44. Olá, pessoal.
    Irei viajar com minha família no dia 02/07/16 para Santiago.
    Ocorre que meu filho de 12 anos possui hábitos alimentares próprios, onde, para ele, todo almoço tem que ter feijão preto( feijoada) .
    Questiono se poderei levar umas 3 latas na bagagem.
    Desde já, obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode sim! Não há problemas quanto a produtos industrializados. É sempre bom declarar no formulário que vc vai receber no avião.

      Excluir
  45. Bom Dia
    Li muito sobre a água de lá, até as engarrafadas.
    O marido de minha prima esteve em Santiago a duas semanas e ficou com diarreia por causa da água que é mais rica em minérios, mercúrio, e com teor de sódio do que as daqui.
    Pensei em declarar e levar na mala garrafas de 1,5 litro lacradas que as crianças estão acostumadas a consumir aqui no Brasil.
    Você acha que eu teria algum problema?
    Grata,

    Lílian

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não deve ter problema, Lilian! Mas te digo que, em um ano morando lá, nunca tivemos qualquer questão com a água...

      Excluir
  46. Bom dia, estou amando as dicas! Você sabe se encontro por lá ovo de codorna em conserva? Obrigada

    ResponderExcluir
  47. Bom dia, estou amando as dicas! Você sabe se encontro por lá ovo de codorna em conserva? Obrigada

    ResponderExcluir
  48. Olá! Amei seu blog, tanta dica é informações indispensáveis.
    Preciso de uma ajuda... vou viajar no verão e quero levar alguns ingredientes para cozinhar umas receitinhas brasileiras para os amigos chilenos e de tudo que li aqui não consegui esclarecer minhas dúvidas. Posso levar um pacote de polvilho? E levar triguilho para fazer kibe? Teria que declarar esses itens?
    obrigada!bjs, Mônica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mônica!

      Como disse, alimentos industrializados em sua embalagens originais fechadas entram sem problemas. Acho sempre válido declarar pra evitar mal entendidos.

      Excluir
  49. Olá. Adorei seu blog. Esta me ajudando muito a organizar minha viagem.
    Meu nome é Cristiane e irei viajar com um bebê de 1 ano e 4 meses para o chile em 15 dias. Meu filho é muito enjoado para comer. Então, estava pensando em levar a comida que eu faço congelada em potes de vidro e dentro de uma bolsa térmica. Você acha que terei problemas? Tenho que declarar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cristiane!
      Infelizmente, tem problema sim, preparados caseiros não entram! Nem sanduíche ou frutas...

      Excluir
  50. Olá Boa Tarde. Pretendo ir ao Chile no próximo ano com meu filho que é alérgico à proteína do leite de vaca. É fácil de achar produtos nos supermercados com sinalização segura dos ingredientes? Existe alguma seção para produtos sem leite nos supermercados? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Debora,
      Infelizmente não sei te dizer.

      Excluir
    2. Olá Débora, estou no Chile. Tenho o mesmo problema, meu filho tem alergia a leite. Fiz todas as comidas que ele está acostumado:arroz, feijão, carne moída, molho para o macarrão, congelei em potinhos, coloquei em uma bolsa térmica com aqueles géis ( não pode gelo) e entrei sem problema. Marquei que tinha produto animal e vegetal, na dúvida marquei sim para tudo. Quando passamos na aduana, entreguei o papel, passamos no raio x e abriram a bolsa. Somente me perguntaram se eu havia declarado e o que tinha nos potinhos. Expliquei a situação, disse que era tudo cozido, pronto para comer e ele fechou a bolsa e me deu boa viagem. Além disso, tem o Supermercado Jumbo no Shopping Costanera que tem muita coisa para comprar: queijos de cabra, pão,macarrão, bolachas sem leite e derivados. Melhor do que no Brasil. Vem tranquila! Pelo menos, nós estamos passando bem.

      Excluir
  51. Bom dia, gostaria de saber se existe exigência de valor mínimo em dinheiro vivo para entrar no Chile? Obrigada!

    ResponderExcluir
  52. Prezada, bom dia!

    Muito importante seu blog e me ajudou muito. Estou com dúvidas em relação a minha filha, estarei viajando com ela e meu marido agora em junho e estou preocupada com a questão da alimentação. Como não podemos levar nada somente o leite gostaria de saber se acha interessante levar agua do brasil e se no hotel ou restaurante consigo solicitar que cozinhem batata ou uma verdura para ela comer. Outro ponto é o clima li alguns relatos de pais que alugaram uma capa para quebrar o frio mas esta capa alugaria no Brasil ou no Chile, e o que mais poderia fazer para evitar expor ela. Já acordamos que só sairemos com ela de dia e anoite ficaremos no hotel (minha bebe estará com um ano na data da viagem)
    desde já agradeço e obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levar água não precisa! Quanto a cozinhar, vai depender muito do hotel...Neste caso, talvez seja melhor ficar em um flat com cozinha ou apartamento alugado mesmo.
      Acredito que a capa que vc esteja mencionando seja para cortar o "vento" não o frio. Para o frio, vc vai precisar de casacos mais pesados mesmo, forrados.
      Estando bem agasalhada, vc não terá problemas, pode sair tranquilamente!

      Excluir
  53. Olá! Um casal que vai passar 9 dias no Chile em junho, entre Santiago, Valparaíso e Viña del Mar precisa levar quantos reais? Levando em conta que se vai andar de ônibus, metrô e a pé e que as hospedagens já estão reservadas e são no centro. Obrigada! Letícia LIra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não estou mais no Chile, não sei te dizer valores atualizados, Leticia.

      Excluir
  54. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  55. Primeiramente, muito obrigada pelas dicas, são essenciais para mãe DE primeira viagem EM primeira viagem internacional com a filha recém completa de 2 anos. Quando você declara que carrega uma fruta (indispensável para mim, devido algumas restrições alimentares da minha pequena) não tem problema ou mesmo assim rola pressão por parte da fiscalização?

    ResponderExcluir
  56. Olá, Caroline!
    Como falei no post, fruta não entra!
    Mas pode ficar tranquila que vc encontra frutas lindas e saborosas por lá com muita facilidade.
    Obrigada pela visita

    ResponderExcluir
  57. Olá gostaria de saber se alguém já entrou com perfumes do Brasil com uma quantidade de 30 frascos?

    ResponderExcluir
  58. Olá, vou em Julho com meu filho e meu marido. Meu filho tem um severo transtorno alimentar e não aceita NADA além do arroz e feijão que está acostumado. Pretendo levar as porçoes congeladas, juntamente com a declaração do médico. Acha que posso enfrentar problemas? No meu caso, se não entrar com o alimento, teremos que voltar pra casa. Obrigada.

    ResponderExcluir
  59. Bom dia!
    Vou ao Chile e vi centenas de vezes que devemos DECLARAR se for levar alimentos. Como é essa DECLARAÇÃO, preciso levar nota fiscal, onde se faz essa declaração?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, João!
      É bem simples!!!! Um formulário que você recebe no avião: se estiver levando algo vegetal, frutas, alimentos não industrializados, você só precisa mencionar isto neste formulário e eles decidem se entra ou não.
      Quando a pessoa tenta entrar com algo sem avisar, ouve sermão na certa.
      Sugiro levar alimentos assim só em caso de extrema necessidade.
      Fica tranquilo que é só chatinho, mas é simples.

      Excluir

Deixe seu comentário! Adoramos conhecer suas aventuras e perguntas também!